A importância de se fazer o inventário “post mortem” | Rossato & Fronza

A importância de se fazer o inventário “post mortem”

A importância de se fazer o inventário “post mortem”

admin
Sem categoria
Deixar um comentário

A importância de se fazer o inventário “post mortem”

Inventário “post mortem” é a ação judicial ou extrajudicial, em que se lista os direitos, bens e dívidas da pessoa falecida, fazendo a distribuição desses direitos e bens aos herdeiros.

Obrigatório e muito importante, mesmo quando o falecido não deixou bens, o que se chama de Inventário Negativo.

Não ocorrendo o inventário, o cônjuge do falecido fica impossibilitado de contrair novo matrimônio, a não ser que opte pelo regime de separação total de bens.

No caso de algum imóvel não ser propriedade de referido herdeiro, já que o inventario não ocorreu e este falecer, a propriedade não poderá ser passada para os seus filhos.

Caso tenha alguma dúvida, entre em contato com nosso escritório:
51.3093.0133

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Contato

Deseja entrar em contato com nosso escritório?
Então preencha o formulário abaixo e tire suas dúvidas.

Mais Informações

contato@rossatoefronza.com.br     +55 51 3093.0133     +55 51 99960.0133
Av. Getúlio Vargas, 908/501 - Menino Deus - Porto Alegre/RS
CEP: 90150-002