Revisão de teto

idosos

Revisão de teto

admin
Sem categoria
2 Comentários

Os beneficiários do INSS que se aposentaram ou recebem pensão com data iniciada entre 5 de outubro de 1988 e 4 de abril de 1991 têm direito à revisão do teto caso optem por entrar com ação em uma vara previdenciária.
Esses segurados, do período conhecido como “buraco negro”, foram excluídos da revisão pelo teto que o INSS pagou administrativamente e, para terem o aumento no benefício, o único caminho é entrar na Justiça.
Ainda, além do aumento real em até 60% do benefício atual, a soma dos valores atrasados costuma ser acima de R$ 40.000,00 podendo chegar até R$ 300.000,00 em alguns casos, valores estes que são apurados com a maior brevidade possível antes do ajuizamento da ação.
Ademais, considerando que o Supremo Tribunal Federal reconhece que há direito à revisão do teto aos beneficiários do INSS que tiveram seu benefício limitado, em razão da legislação posterior ao recebimento do benefício.
O escritório Rossato & Fronza Advogados Associados possui ampla experiência na área previdenciária e patrocina tais ações, se responsabilizando pela perícia contábil para apurar o saldo atrasado que os beneficiários têm direito, bem como o valor atualizado que o beneficiário receberá após o sucesso na demanda e buscando o valor real que cada aposentado ou pensionista tem direito, de acordo com os parâmetros obtidos na Justiça.
Cabe salientar, que nosso escritório trabalha somente com contrato de risco, ou seja, os aposentados e pensionistas não necessitam gastar qualquer valor para o ajuizamento da ação, pois o escritório fica responsável pela elaboração das perícias contábeis e despesas necessárias à demanda, sendo que os honorários advocatícios serão descontados no valor contratado ao final do processo e, somente, em caso de sucesso da atuação profissional.
Por fim, enfatizamos que o escritório Rossato & Fronza Advogados Associados não recebe valores em nome do cliente, sendo o valor a ser recebido ao final da ação disponível em conta judicial em nome e CPF do próprio beneficiário.
Entre em contato conosco.

2 comentários em “Revisão de teto

  1. Se eu enviar meu historico da apidentadoria, da pra ver se eu tenho direito a alguma revisao?
    Me aposentei em 97 proporcional 25 anos de trabalho

    • Bom dia Marcia,
      Não são todos os casos que se verificam diferenças, a revisão de aposentadoria ou de pensão previdenciária e mais fácil quando o beneficiário sabe qual o erro responsável pela redução do valor da renda, como exemplo: período rural não considerado, vínculos empregatícios sem contribuição, contribuição informada a menor, regras equivocadas ….).
      Abaixo segue publicação que aponta as principais revisões:
      https://agora.folha.uol.com.br/grana/2019/05/veja-dez-revisoes-que-podem-ser-solicitadas-direto-no-inss.shtml
      Se entender que seu caso possa estar enquadrado em alguma das situações listadas, podemos encaminhar sua documentação para nosso contador recalcular seu beneficio, para tanto cobramos a taxa de R$ 200,00 reais e será necessário o envio de seus documentos previdenciários (histórico de beneficio e contribuições, informações de beneficio e cadastro nacional de informações sociais).
      Qualquer duvida ou informação mais estamos a disposição no telefone: 51 3093-0133 ou via email: contato@rossatoefronza.com.br
      Cordialmente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Contato

Deseja entrar em contato com nosso escritório?
Então preencha o formulário abaixo e tire suas dúvidas.

Mais Informações

contato@rossatoefronza.com.br     +55 51 3093.0133     +55 51 99960.0133
Av. Getúlio Vargas, 908/501 - Menino Deus - Porto Alegre/RS
CEP: 90150-002